-translate


Quinta-feira, 8 de Junho de 2006

Acariciar-te a face...

                                   
        
                                 Queria que o céu fosse amarelo
                                      E a terra azul e laranja o mar...
 
                                    Que o sangue fosse verde
                                  E a noite muito branca
 
                            Que o leite fosse negro
                                 E rosa, as azeitonas....
 
                               Queria que os teus olhos
                              Estivessem frente aos meus
 
                              Os teus lábios na minha boca
                              Como um pássaro no ninho...
 
                          Que o teu corpo me roçasse
                     E abraçasse no frio.
 
                            Que me dissesses "amo-te"
                             Com os dedos do destino....
 
                          Queria acariciar-te a face,
                         Morder-te as orelhas
 
                            Lavar-te a alma.
                     Lamber o teu pescoço
 
                       Segurar os teus seios
                       Apertar as tuas pernas
 
                         Comer-te o coração....
                        Queria ter-te a meu lado no silêncio
 
                      E falar-te sem palavras
                       Como um beijo eterno.
 
                                   Queria que o teu sorriso me elevasse mais alto
 
                           As tuas mãos me agarrassem
                      E me puxassem para ti.
  
                     Queria que o mar
                     Fosse duro como pedra
 
                   As margens, de papel
                      As nuvens, de prata
 
                      Que o ar fosse água
                        A terra gasosa
 
                              De cristal as palmeiras
                             E de ouro, as gaivotas.
 
                            Queria abraçar-te os ombros
                            Perder-me nos teus dedos
 
                        Beijar-te a alma.
                             Esconder-me nos teus cabelos
                             Navegar nos teus olhos
  
                         Rodear tua cintura
                            Morrer nos teus dentes...
 
                     Queria....
                       Acariciar-te a face...

Benquerer

suspirado por arco e flecha às 04:06

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De guerrilheiro a 5 de Agosto de 2006 às 04:14
Apenas e só um dos poemas mais bonitos que já passaram pelo meu pensamento desde que me conheço como gente. Muito Obrigado por me teres permitido esta descoberta sob a forma de escrita. Um beijo.

Comentar post

-Olhares...

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria

-Passeios...

online

-ultimos rabiscos

- Bailados surdos...

- E porque o Ontem... cont...

- amanheceres...

- Moldes...

- ...

- Transpiro...

- schhhhhh...

- O véu...

- A espuma das sensações

- Néctar

-suspiros que dei

- Novembro 2011

- Março 2010

- Janeiro 2009

- Outubro 2008

- Agosto 2008

- Maio 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Outubro 2007

- Agosto 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- Janeiro 2007

- Dezembro 2006

- Novembro 2006

- Outubro 2006

- Setembro 2006

- Agosto 2006

- Julho 2006

- Junho 2006

- Maio 2006

- Abril 2006

- Março 2006

- Fevereiro 2006