-translate


Quinta-feira, 27 de Abril de 2006

Hora dos sussuros

../..

Chegas assim devagarinho.

Sinto o teu peso no colchão....

O teu corpo aconchegando-se no meu,

Sentindo-lhe o calor.

 

O teu braço sobre a minha cintura...

Despertando-me.

As tuas pernas acompanhando as minhas...

Pressionando-as.

 

Um respirar no meu pescoço,

Um beijo no meu ombro,

A pele das minhas costas no teu peito…

 

E eis que começa a hora dos sussurros…

 

: Sem pressa - Paulo Gonzo
suspirado por arco e flecha às 04:24

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 22 de Abril de 2006

Hoje...

 

 

 

 

 

 

--/--

 

"Hoje apetece-me que a lua brilhe sobre o meu corpo"

Que as sombras.

Sejam as das tuas formas,

Dançando sobre as minhas...

 

Que os aromas,

Se misturem

Como brisas de vento de terra e mar...

 

Que os sons,

Se abafem

Com os brilhos dos olhares...

 

Que as dedos se encaixem

Em vales de gemidos...

 

E as mãos conquistem

A robustez de prazer...

 

Que as línguas falem

De sussurros

E palavras perdidas nos ais…

 

Que os lábios toquem

A suavidade da pele húmida...

 

Até que o Prazer chegue,

Lento…

 Pleno!

--/--

suspirado por arco e flecha às 05:00

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 20 de Abril de 2006

Amo-te mais...

-- //--
Amo-te mais...
     Quando te faço começares a despertar
Quando te encontro nua
Posando para palavras soltas...
 
Amo-te mais...
     Quando te acho ausente, mas não estás
Quando o vento te rouba a pele
E preenches com fúria, meus desejos....
 
Amo-te mais....
Quando desenhas com as tuas mãos
O meu sexo firme
Quando os teus lábios
Sugam esse meu universo
Irreal
 
Amo-te mais....
Quando numa obscura sensação
Soletras o meu nome
Órfão de voz, entre a humidade
E a tua língua anónima
 
Amo-te mais...
No terno instante
Da paisagem nocturna dos teus seios
Na suave pressão das tuas unhas
Arranhando minha pele
Fazendo de mim
Uma tela virgem
Exposta aos desejos...
Da tua arte....
 
      Amo-te mais...
 

 --/--

Benquerer

suspirado por arco e flecha às 03:45

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 17 de Abril de 2006

Teus lábios quentes...

 

--/--

Sigo a linha dos teus pelos,

Como se fossem passos

Junto a um regato

 

Oiço a tua respiração

Aguardando…

 

Vejo o arrepio na tua pele

À passagem dos meus dedos…

 

Os teus lábios…. Vermelhos

Carnudos...Apetitosos…

Saboreio-os!

--/--

suspirado por arco e flecha às 23:20

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 12 de Abril de 2006

O jogo...

                             

 

--/--

 

Tudo é um jogo

A vida...

O sonho...

 O amor...

A conquista...

A sedução...

 A entrega ...

 

Até as palavras o são!

 

 Olhos ... brilho

Nariz ... perfil

 Boca ... sensualidade

 Lábios ... beijo

Pescoço ... arrepio

Seio ...  redondo

Mãos ...  as tuas!

        

--/--

 

suspirado por arco e flecha às 01:39

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 10 de Abril de 2006

Formas e paladares

                        

 

A forma que se molda aos lábios.

 

A textura macia que se confunde com a pele.

 

A temperatura ...

 

Ora fresca ...

Ora quente ...

 

 

Dependente das estações do ano.

 

                  

 

Uma trinca,

 

Na fruta madura.

 

O suco que escorre em lábios entreabertos...

 

Por vezes um suco doce,

 

outras um pouco com mais acidez...

 

 

Aroma forte de um fruto pronto a colher...

 

suspirado por arco e flecha às 20:03

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 7 de Abril de 2006

No círculo de quatro cantos

No círculo de quatro cantos

 No meio, nós somos dois, ou um?

Abrimos os corpos, as pernas,

A vida....

 

Adentro os poros, a seiva

A cada subida, a cada entrega....

Rega, o suor de orgasmos múltiplos,

Sem clímax....

 

O poder do toque, nas mãos...

Não quaisquer mãos.... As tuas...

Não qualquer língua... A tua...

Não qualquer sexo.... O teu...

Convexo que me espera....

 

 Saliva que me alimenta....

O gozo... extraordinário,

Que torna o auge do acto...

Num acto... secundário...

Benquerer

suspirado por arco e flecha às 07:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 4 de Abril de 2006

Dias em que adivinhamos o amor

Existem dias , em que adivinhamos o amor.

Nesses dias ... acordamos a sorrir.

Acompanha-nos o odor,

E até o toque nos parece sentir.

 

Existem dias em que basta cruzar o olhar,

Ou os lábios em movimento...

Ou a forma da mão tocar...

Ou suave ... ou lento..

 

Existem dias em que olhar-te é tortura.

Doce ... .forte ... encorpado...

E enquanto a espera perdura,

 Aumenta o desejo guardado.

 

 Existem dias em que amar-te é sonhar

Com gemidos perdidos, encantados...

 Presos, numa voz a sufocar

Soltos, num mundo de sentidos despertados ...

suspirado por arco e flecha às 04:53

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 1 de Abril de 2006

Entrega

Abro os olhos, leio os teus .

Abro os braços, acolho-te no meu abraço.

Respiro fundo, o teu aroma,povoa-me os sentidos ...

Percorro a tua pele, embrenho-me nela ...

Oiço a tua voz,

Arrepia-me ,

Sinto o teu prazer,

Entrego-me!

suspirado por arco e flecha às 03:42

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

-Olhares...

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria

-Passeios...

online

-ultimos rabiscos

- Bailados surdos...

- E porque o Ontem... cont...

- amanheceres...

- Moldes...

- ...

- Transpiro...

- schhhhhh...

- O véu...

- A espuma das sensações

- Néctar

-suspiros que dei

- Novembro 2011

- Março 2010

- Janeiro 2009

- Outubro 2008

- Agosto 2008

- Maio 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Outubro 2007

- Agosto 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- Janeiro 2007

- Dezembro 2006

- Novembro 2006

- Outubro 2006

- Setembro 2006

- Agosto 2006

- Julho 2006

- Junho 2006

- Maio 2006

- Abril 2006

- Março 2006

- Fevereiro 2006