-translate


Quinta-feira, 29 de Junho de 2006

Suave despertar

Olhei o teu rosto

Adormecido, sereno.

Aproximei-me em silêncio,

Descalcei os chinelos da luz,

Despi as calças das janelas

E a camisa da porta…

 

E entrei no teu sonho

Suavemente...

 

Aguardavas-me com um sorriso

Os teus braços

Esperavam o meu corpo

As tuas mãos,

A minha pele.

Os teus lábios,

O sabor dos meus…

 

Fui-te despertando,

Como quem colhe uma papoila

No inicio do raiar do sol,

Ainda com gotinhas de orvalho…

 

Com o som

Dos últimos acordes da lua,

Que adormecia...

 

 Juntos…

Iniciámos o dia…

suspirado por arco e flecha às 02:59

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 27 de Junho de 2006

Dispo-me para ti...

Hoje dispo-me para ti
 
Retiro a máscara que me cobre o rosto
Retiro a roupa que me cobre a pele…
Deixo à beira da cama, bocaditos de insegurança
Pelo chão, restos de dúvidas...
 
E fronte a ti,
Dispo-me, com toda a ousadia que me dás…
Olhando dentro dos teus olhos,
Vejo o espelho da minha nudez
 
E gosto…
suspirado por arco e flecha às 04:45

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 18 de Junho de 2006

Um pedacinho de mim

Tens contigo, um pedacinho de mim.
É a ausência desse pedacinho,
 que me completa...

 

suspirado por arco e flecha às 23:56

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 12 de Junho de 2006

As tuas mãos e as minhas...

.. / ..

Seguraste minhas mãos
Como se elas fossem parte de ti…
 
Aconchegaram-te
Suavizaram-te
Moldaram-te
 
Ensinaste-lhes caminhos
Passagens,
Veredas…
 
Acompanharam-te
Na aprendizagem de ti
 
Enquanto isso…
Eu…
 
Olhei as minhas mãos…
 Nas tuas
 
Olhei os teus olhos …
Fechados…
No sentir
 
Olhei os teus lábios
Deleitados
Prazeirosos
A sorrir…
 
Olhei o teu corpo
Suspenso
Ansioso…
 
Não resisti!
.. / ..
suspirado por arco e flecha às 00:35

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 8 de Junho de 2006

Acariciar-te a face...

                                   
        
                                 Queria que o céu fosse amarelo
                                      E a terra azul e laranja o mar...
 
                                    Que o sangue fosse verde
                                  E a noite muito branca
 
                            Que o leite fosse negro
                                 E rosa, as azeitonas....
 
                               Queria que os teus olhos
                              Estivessem frente aos meus
 
                              Os teus lábios na minha boca
                              Como um pássaro no ninho...
 
                          Que o teu corpo me roçasse
                     E abraçasse no frio.
 
                            Que me dissesses "amo-te"
                             Com os dedos do destino....
 
                          Queria acariciar-te a face,
                         Morder-te as orelhas
 
                            Lavar-te a alma.
                     Lamber o teu pescoço
 
                       Segurar os teus seios
                       Apertar as tuas pernas
 
                         Comer-te o coração....
                        Queria ter-te a meu lado no silêncio
 
                      E falar-te sem palavras
                       Como um beijo eterno.
 
                                   Queria que o teu sorriso me elevasse mais alto
 
                           As tuas mãos me agarrassem
                      E me puxassem para ti.
  
                     Queria que o mar
                     Fosse duro como pedra
 
                   As margens, de papel
                      As nuvens, de prata
 
                      Que o ar fosse água
                        A terra gasosa
 
                              De cristal as palmeiras
                             E de ouro, as gaivotas.
 
                            Queria abraçar-te os ombros
                            Perder-me nos teus dedos
 
                        Beijar-te a alma.
                             Esconder-me nos teus cabelos
                             Navegar nos teus olhos
  
                         Rodear tua cintura
                            Morrer nos teus dentes...
 
                     Queria....
                       Acariciar-te a face...

Benquerer

suspirado por arco e flecha às 04:06

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 5 de Junho de 2006

A taça da partilha...

 

.. / ..

Partilha comigo

A taça da ternura

Da meiguice

Do desejo

 

Partilho contigo

O toque

O aroma

O sabor do querer…

 

Partilha comigo

O fresco da tua impetuosidade

 

Partilho contigo

O calor do meu olhar…

../..

 

 

 

suspirado por arco e flecha às 00:08

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

-Olhares...

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria

-Passeios...

online

-ultimos rabiscos

- Bailados surdos...

- E porque o Ontem... cont...

- amanheceres...

- Moldes...

- ...

- Transpiro...

- schhhhhh...

- O véu...

- A espuma das sensações

- Néctar

-suspiros que dei

- Novembro 2011

- Março 2010

- Janeiro 2009

- Outubro 2008

- Agosto 2008

- Maio 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Outubro 2007

- Agosto 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- Janeiro 2007

- Dezembro 2006

- Novembro 2006

- Outubro 2006

- Setembro 2006

- Agosto 2006

- Julho 2006

- Junho 2006

- Maio 2006

- Abril 2006

- Março 2006

- Fevereiro 2006