-translate


Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

Reenicio

Senti a chuva no meu rosto,
 como se de uma caricia tua se tratasse
 Respirei o ar molhado,
de uma saudade
que teima em manifestar-se
Falta-me o calor de uma estação
 que corre como um rio,
em que as margens adormeceram
 no embalo  suave das águas...
Mas agora... é hora de despertar!
suspirado por arco e flecha às 03:39

link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Nilson Barcelli a 26 de Janeiro de 2008 às 16:40
Não sabia que tinhas voltado a escrever.
Mas fizeste-o com um excelente poema.
Parabéns pela qualidade poética.
Beijinhos.
De Do outro lado a 8 de Fevereiro de 2008 às 02:03
Senti a chuva no meu rosto,
Sentir é viver..
como se de uma caricia tua se tratasse
como se um olhar falasse..
Respirei o ar molhado,
Senti o teu olhar..
de uma saudade
De um sorriso, feito saudade..
que teima em manifestar-se
Do teu jeito de ser.. fica a teimosia...
Falta-me o calor de uma estação
Na aurora da vida, tens a fonte...
que corre como um rio,
Que acompanha o desejo como em fio...
em que as margens adormeceram
Que segue o teu olhar
no embalo suave das águas...
Tall é forma de te olhar..
Mas agora... é hora de despertar!
Sempre será hora, sempre será tarde...

Que o teu despertar seja iluminado pela saudade de quem sabe que está do outro lado
De Nillomantyne a 20 de Outubro de 2010 às 19:20
Senti a chuva no meu rosto,
Gotas de carinho de uma alegria de verão,
Como se de uma caricias tuas se tratasse
Respirei o ar molhado,
E meus poros respirasem a imagem
de uma saudade que teima em manifestar-se
Falta-me o calor de uma estação
que corre como um rio,
O suor frio do ardor, o amor , de uma miragem
em que as margens adormeceram
Lentamente imaginativas
no embalo suave das águas...
Acorda me a realidade
Mas agora, não és hora de sonhar
é chegada hora de despertar!

Nillomantyne

Comentar post

-Olhares...

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria

-Passeios...

online

-ultimos rabiscos

- Bailados surdos...

- E porque o Ontem... cont...

- amanheceres...

- Moldes...

- ...

- Transpiro...

- schhhhhh...

- O véu...

- A espuma das sensações

- Néctar

-suspiros que dei

- Novembro 2011

- Março 2010

- Janeiro 2009

- Outubro 2008

- Agosto 2008

- Maio 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Outubro 2007

- Agosto 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- Janeiro 2007

- Dezembro 2006

- Novembro 2006

- Outubro 2006

- Setembro 2006

- Agosto 2006

- Julho 2006

- Junho 2006

- Maio 2006

- Abril 2006

- Março 2006

- Fevereiro 2006