-translate


Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2006

Voltei...

                                               

Esboço de : C O

                                                                                    Voltei...
 
Meu amor, vem comigo, de mãos dadas...
Por veredas de outrora e, de mansinho,
Revivamos as ternas madrugadas
 Entre trigais, urze e rosmaninho...
Repara que as papoilas encarnadas
Que o vento move, em louco remoinho,
São beijos e carícias fecundadas
 Por nosso amor, ao longo do caminho...
Tal como o tempo, o rio passa e corre
Corre também o nosso amor que nunca morre
Porque amar é estar sempre à tua espera.
Esvai-se o dia? Vem outro alvorecer.
Vai-se o Inverno e torna a renascer
A flor que eu sou na tua Primavera...
 
                                          Benquerer
suspirado por arco e flecha às 19:28

link do post | comentar | favorito

-Olhares...

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria

-Passeios...

online

-ultimos rabiscos

- Bailados surdos...

- E porque o Ontem... cont...

- amanheceres...

- Moldes...

- ...

- Transpiro...

- schhhhhh...

- O véu...

- A espuma das sensações

- Néctar

-suspiros que dei

- Novembro 2011

- Março 2010

- Janeiro 2009

- Outubro 2008

- Agosto 2008

- Maio 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Outubro 2007

- Agosto 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- Janeiro 2007

- Dezembro 2006

- Novembro 2006

- Outubro 2006

- Setembro 2006

- Agosto 2006

- Julho 2006

- Junho 2006

- Maio 2006

- Abril 2006

- Março 2006

- Fevereiro 2006