-translate


Sexta-feira, 7 de Abril de 2006

No círculo de quatro cantos

No círculo de quatro cantos

 No meio, nós somos dois, ou um?

Abrimos os corpos, as pernas,

A vida....

 

Adentro os poros, a seiva

A cada subida, a cada entrega....

Rega, o suor de orgasmos múltiplos,

Sem clímax....

 

O poder do toque, nas mãos...

Não quaisquer mãos.... As tuas...

Não qualquer língua... A tua...

Não qualquer sexo.... O teu...

Convexo que me espera....

 

 Saliva que me alimenta....

O gozo... extraordinário,

Que torna o auge do acto...

Num acto... secundário...

Benquerer

suspirado por arco e flecha às 07:18

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De um amigo/a a 7 de Abril de 2006 às 11:08
Tenho de procurar mais adjectivos, porque os que conheço são fracos, para tanto talento comentar.
:)
Beijokinhas, da,
Bia Bia (min_lx)
</a>
(mailto:misa1414@hotmail.com)

Comentar post